Reparação

07/08/2011 08:32

Uma pessoa que já fez um aborto, nesta encarnação, ainda pode se arrepender e corrigir o seu erro? Ela vai precisar de outras encarnações para corrigi-los?

 

É sempre tempo para se refazer o caminho em direção ao bem. Tenhamos o cuidado com a questão do julgamento. Nosso posicionamento deve ser sempre contra o crime e não contra o criminoso. Por isso, evitemos jogar pedras naqueles que praticaram o aborto, pois não sabemos se, em situação semelhante, agiríamos de forma diferente.

Nossa postura, ao contrário, deve ser o esclarecimento sincero da situação, da necessidade da reparação e da ajuda positiva e consoladora, facilitando a criatura a se erguer e seguir em frente.

A possibilidade de novas gestações, a adoção, o trabalho com gestantes e recém-nascidos podem ser formas de reparo, quando temos uma história de aborto anterior. A prece em favor das vítimas do aborto, o trabalho desobsessivo são outras formas eficazes de ajuda.

Necessariamente, não é preciso de uma nova encarnação para sanarmos nossas dificuldades, como diz um ditado popular: "a gente guarda o comer e não o que fazer".

 

 Trecho do livro "Conversando sobre a sexualidade", de Roberto Lúcio Vieira de Souza, cap. 19

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!