O Livro dos Espíritos completa 160 anos em abril

12/04/2017 18:41

 

Apóstolo da luz ditosa e bela,
Quando desceste da Divina Altura,
Surgia a Terra desolada e escura
Por agressiva e torva cidadela.

Qual nau sublime que se desmantela,
Naufragava na sombra a fé mais pura
E envolvia-se o templo da cultura
No turbilhão de indômita procela…

Mas trouxeste equilíbrio ao caos nefando,
E “O Livro dos Espíritos”, brilhando,
Rompe a noite mental, espessa e fria!

Ante o sol da verdade a que te elevas,
Revelaste Jesus ao mundo em trevas
E acendeste o clarão do novo dia.

 

Soneto "Falando a Kardec", ditado pelo Espírito Cruz e Souza a Chico Xavier e publicado em "Reformador" de abril de 1977.

 

Em 18 de abril de 1857 era publicada a primeira edição de "O Livro dos Espíritos" em Paris, França.

Em sua primeira edição contou com 501 questões. Mais tarde, em 18 de março 1860, Allan Kardec reuniu subsídios suficientes para publicar a segunda edição de "O Livro dos Espíritos" fundindo mais um conjunto de instruções que possuía, e aproveitando para distribuir as questões em ordem mais metódica, suprimindo ao mesmo tempo tudo quanto tivesse duplo sentido e inserindo notas explicativas.

Em 2017 - 160 anos depois - espíritas de todo o mundo lembram a data.

 

Leia também: O Livro dos Espíritos - Relembrando as origens

 

 

Comemorações

A Federação Espírita Brasileira (FEB) e o Conselho Federativo Nacional (CFN) lançaram uma campanha especial com materiais de divulgação, incluindo logomarca em alusão à data.

Com o tema O Livro dos Espíritos - 160 Anos: Luz para a Humanidade, a FEB e o CFN incentivam às Federativas Estaduais e as Casas Espíritas de todo o país a promoverem a divulgação e maior acessibilidade à primeira obra codificada por Kardec.

 

Material

Veja a peças gráficas produzidas em comemoração à data

- Cartaz

- Selo

 

Fonte: UEM | Wikipedia


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!